Bullying não é uma brincadeira. É inadmissível!

Há um problema mundial chamado “BULLYING” que tem atingido várias áreas da sociedade, tais como trabalho, escola e família. O bullying é uma ato agressivo que pode ocorrer de forma verbal ou física. Além de cruel, ele pode provocar danos emocionais por muito tempo. A pessoa que sofre esse tipo de agressão, geralmente, acha que a culpa é dela e com isso, não consegue fazer nada para impedir.

O objetivo do bullying é agredir, intimidar, humilhar e deixar o indivíduo sem a capacidade de se defender. Essa prática vem de uma minoria que tem personalidades autoritária, controladora ou dominadora. Esse comportamento têm origem na infância, por isso precisa ser observado e trabalhado desde o momento que é detectado.

As crianças que sofrem de bullying tendem a se tornar adultos agressivos, com baixo autoestima e até, em casos extremos, cometerem suicídio.

Em algumas escolas, esse comportamento é considerado normal, pois muitos professores tendem a ignorar (silenciar) por medo de enfrentar ou simplesmente desconhecem. Por isso, é necessário ficar informado e não se calar diante de tais agressões.

O bullying é um problema que precisa ser discutido nas escolas, em casa, no trabalho e em qualquer ambiente propício, a fim de que seja tratado de forma eficaz. O respeito mútuo é uma das melhores formas de viver em sociedade.

Características de quem sofre de bullying

– São pouco sociáveis;
– Tem baixo autoestima;
– Tem sentimento de insegurança;
– Tem poucos amigos;
– São passivos;
– Tem baixo desempenho escolar.

 

O respeito mútuo é uma das melhores formas de viver em sociedade.

Siane Cardoso

Pedagoga, que adora ler, assistir filmes e que nos últimos anos vem se descobrindo na área de Marketing, adquirindo experiência para melhor empreender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *