Pokémon GO: Vida ou Morte?

No mundo virtual, vale tudo! Você pode ser quem quiser, fazer o que puder, sonhar e até mesmo morrer, não é verdade?

No início do mês de julho, foi lançado o Pokémon Go. Para quem não sabe, é um jogo de realidade aumentada para celular, onde uma pessoa sai pelas ruas da cidade capturando monstrinhos pelo Smartphone. Desde que apareceu pela primeira vez nos Estados Unidos, trouxe novidades, brincadeiras, prejuízos e até mortes.

Nos casos citados, pessoas são assassinadas, roubadas e baleadas. Muitos não conseguem enxergar a gravidade disso e amam perseguir Pokémon. Mas, será que a vida vale só isso? Uma caça à monstrinhos virtuais?

Bom, não podemos negar que para muitos, o jogo trouxe vida, recursos financeiros, divertimento, integrou e fez com que as pessoas andassem mais e saíssem do sedentarismo. Porém, é impossível negar o fato de que o game trouxe distração para o jogador e é necessário ter cautela. Para alertar a todos, eis alguns casos que a mídia divulgou sobre o jogo no Brasil e no mundo.

Jovem é assassinado jogando Pokémon na Rua

pokemon-jovem-assassinado-jogando-site-observador
Fonte: Observador

Casal Abandona o Filho para Jogar

pokemon-assalto-site-globo
Fonte: O Globo

Mulher é morta em Caça Pokémons

pokemon-morte-site-veja
Fonte: Veja

Roubos e Pokémon GO

pokemon-assalto-site-G1
Fonte: G1
pokemon-assaltantes-cacam-pessoas-site-veja
Fonte: Veja

Pokemoto: Criatividade e Inovação

pokemon-assalto-site-correio-brasiliense
Fonte: Correio Brasiliense

Garoto Autista consegue sair de casa com Pokémon

pokemon-assalto-site-bbc
Fonte: BBC Brasil

Caça ao Pokémon em lugares inusitados

pokemon-cemiterios-brasil
Fonte: Folha de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *