Vida de Superação do Nadador Michael Phelps

Michael Fred Phelps II, nadador americano, nasceu em Baltimore no EUA, no dia 30 de Julho de 1985. Ele possui 1,93 de altura, formado em marketing esportivo e gerência e é considerado um dos atletas mais prestigiados, influenciado desde os sete anos de idade, pelas suas irmãs nadadoras.

História de Superação

Sua trajetória não foi tão fácil, em plena juventude Michael Phelps  foi diagnosticado com TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), mas se destacou quebrando recorde Nacional com apenas 10 anos de idade.

Em 2004, Phelps foi preso por dirigir alcoolizado, onde teve que cumprir uma pena de 18 meses de serviços.

Seu reconhecimento veio em 2008, onde participou das olimpíadas de Pequim, conquistando oito medalhas de Ouro, sendo que já havia conquistado o título de melhor nadador por quatro anos consecutivos (2004, 2005, 2006 e 2007).

Em 2012, foi o medalhista da história dos jogos olímpicos com 21 medalhas, conquistadas em três jogos e ganhando a mesma prova três vezes.

Em uma de suas entrevistas, Phelps revela que em sua trajetória, tentou cometer suicídio várias vezes, alegando ter chegado ao fundo do poço, por ter sido detido embriagado e por se envolver com drogas. Ele diz que vivia como um trem desgovernado, uma bomba relógio pronta a explodir e que já não tinha mais autoestima, pois desejava a morte.

Mas foi então que Ray Lewis surgiu em sua vida. Um amigo que no momento pertubador em que Phelps se encontrava decidiu ajudá-lo. Ray, um cristão, jogador de futebol americano, disse em poucas palavras algo que mudaria a decisão de Phelps em desistir de sua carreira: “você não pode e nem deve desitir. É agora que o seu e o meu verdadeiro caráter vão ser apresentados. Se por acaso você fizer isso, todo mundo sairá prejudicado.”

Ao ser tocado por aquelas palavras, Phelps decidiu procurar ajuda em uma clínica de reabilitação. Em seu momento de internação, Lewis deu um presente ao seu amigo: um livro “UMA VIDA COM PROPÓSITOS “, escrito por Rick Warrem. Essa obra ajudou a superar essa fase complicada de sua vida e o fez voltar a acreditar em si mesmo, a ter um relacionamento com pai e depois de três meses resolveu pedir sua namorada em casamento.

Hoje, Michael Pheps se encontra casado e com um filho. Uma das frases marcantes foi quando ele disse o quanto o livro o ajudou a acreditar que HÁ UM PODER MAIOR QUE ELE.

SOBRE O LIVRO:

No livro “Uma Vida com Propósitos”, o autor leva o leitor a uma reflexão sobre o real sentido da vida e posicionamento diante dela. Rick Warren escreveu esse livro, após sofrer com o suicídio do seu filho e  para alertar a igreja sobre questões como esquizofrenia e suicídio.

Siane Cardoso

Pedagoga, que adora ler, assistir filmes e que nos últimos anos vem se descobrindo na área de Marketing, adquirindo experiência para melhor empreender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *