Auxílio Emergencial 2021: Como receber o benefício?

O Auxílio Emergencial 2021 é um benefício de renda mensal concedido pelo Governo do Distrito Federal (GDF), atribuído para as pessoas que receberam o benefício no ano de 2020. 

A CAIXA Econômica Federal, possui um papel fundamental realizando os pagamentos do auxílio, advindos do Governo Federal, por intermédio do Ministério da Cidadania, afim de amenizar os danos causados pela crise do COVID-19. 

Foto: (reprodução/internet)

Quem tem direito ao benefício? 

Possuem o direito de receber as parcelas mensais do Auxílio Emergencial 2021, aqueles que receberam o benefício em dezembro de 2020. No ano de 2021 foi decidido que o auxílio só será concedido a uma pessoa por família. 

Como é feita a seleção?

A seleção das pessoas que receberão o benefício em 2021 é realizada através da base de dados do DATAPREV e o resultado é reconhecido pelo Ministério da Cidadania. 

Não é necessário realizar outro cadastro, será solicitado apenas a confirmação da sua identificação, mediante ao envio de uma foto segurando seu RG, no próprio aplicativo do CAIXA Tem

Foto: (reprodução/internet)

LEIA TAMBÉM: Bolsa Família: saiba como consultar e sacar o benefício

Quem não tem direito ao benefício?

  • Pessoas que possuem empregos formais;
  • Pessoas que possuem renda familiar mensal acima de meio salário mínimo;
  • Receba benefício previdenciário, assistencial, trabalhista ou de programa de transferência de renda federal;
  • Pessoas que tiveram rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019;
  • Residentes médicos;
  • Pessoas que tenham recebido em 2019 rendimentos isentos, não tributáveis ou tributado de forma exclusiva em fonte superior a R$ 40 mil não podem solicitar o novo benefício; 
  • Pessoas que indicaram óbito nas bases de dados do Governo Federal ou vincularam seu CPF, como instituidor, à concessão de pensão por morte; 

Existem outros casos onde o Auxílio Emergencial 2021 não será disponibilizado, todos os detalhes encontram-se no site da CAIXA. 

Quem recebe o benefício, quantidade das parcelas e valores 

O valor do auxílio varia de acordo com a composição familiar: 

  • Se a família for composta por apenas uma pessoa, o valor do benefício é de R$ 150,00 por mês;
  • Se a família for composta por mais de uma pessoa, o valor do benefício é de R$ 250,00 por mês;
  • Chefes de família monoparental que são mulheres sem cônjuges ou companheiros, com pelo menos uma pessoa menor de dezoito anos de idade receberá, mensalmente, R$ 375,00; 
  • Trabalhadores informais que se enquadram nas situações acima; 
  • Mães adolescentes; 
  • Famílias com renda per capita de até meio salário mínimo e renda mensal total de até três salários mínimos.

Serão disponibilizadas até quatro parcelas, desde que a família continue se enquadrando aos critérios estabelecidos. 

Qual o papel da CAIXA

A CAIXA, realiza os pagamentos das pessoas selecionadas pelo Ministério da Cidadania, também disponibiliza canais de atendimento aos beneficiários que tenham dúvidas sobre o saque do benefício.

O atendimento telefônico sobre o processo de pagamento é realizado pela CAIXA pelo número 111. 

Como o pagamento será realizado?

Os pagamentos vão acontecer da mesma maneira que foi realizado em 2020, ou seja, o valor será creditado em sua Conta Poupança Social Digital e poderá ser utilizado por meio do CAIXA Tem. 

Para aqueles que recebem o Bolsa Família, passarão a receber o novo Auxílio Emergencial, o pagamento será realizado da mesma forma do Programa Bolsa Família. 

Quando começam os pagamentos? 

O pagamento da primeira parcela terá início em 6 de abril e seguirão cronograma de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Para ter acesso ao calendário de pagamentos basta clicar aqui e acompanhar. 

Bolsa Família 

Em famílias em que a situação for mais vantajosa, o Auxílio Emergencial 2021 substituirá pelo tempo das parcelas, o benefício do Programa Social Bolsa Família, ainda que haja um único beneficiário no grupo familiar.