Auxílio Gás : tudo o que você precisa saber !

Os benefícios do Auxílio Gás já começaram, mas muitas dúvidas permanecem. Por isso, reunimos tudo o que você precisa saber sobre a Vale Gás :

O governo federal anunciou recentemente outro benefício para famílias vulneráveis ​​e de baixa renda, o Auxílio Gás. A medida faz parte do combate à fome causada pelo desemprego provocado pela pandemia. Por isso, reunimos tudo o que você precisa saber sobre os pagamentos da Vale Gás, um dos auxílios mais esperados pela grande maioria dos brasileiros. Aqui, você saberá o valor, onde consultar os benefícios e a data do pagamento.

Mas antes disso, é importante ressaltar que a ajuda não é para todos. Isso porque o governo estabelece alguns padrões antes de fazer pagamentos. A ideia por trás disso é fazer com que o dinheiro vá apenas para quem realmente precisa. É por isso que a assistência ao gás natural será bem menos abrangente do que a assistência emergencial, por exemplo, beneficiando mais de 36 milhões de famílias.

O que é o Auxílio Gás ?

Devido ao aumento do gás de cozinha, o governo federal optou pelo pagamento do Auxílio Gás, benefício que cobre parte significativa do valor dos botijões de gás. Ainda assim, os benefícios só são pagos a determinadas pessoas, justamente porque o dinheiro público vai apenas para quem realmente precisa. A gestão do programa é do Ministério da Cidadania, órgão responsável pelo envio dos recursos. A caixa será atribuída à caixa selecionada.

Para receber os benefícios do Auxílio Gás, o governo define alguns critérios. Todas elas devem ser atendidas pelos participantes do benefício, conforme nota. Assim, o Vale Gás será distribuído para pessoas cadastradas no CadÚnico e cuja renda familiar seja menor ou igual a meio salário mínimo por pessoa, inclusive aquelas que já participam de determinados benefícios governamentais.

No valor atual do salário mínimo, a renda per capita deve ser menor ou igual a R$ 606. Além disso, as famílias que vivem com alguém que recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também receberão esse valor, estejam ou não cadastrados no CadÚnico. Além disso, o governo dará prioridade aos pagamentos de ajuda ao gás natural de acordo com determinados critérios.

O mais relevante deles é o valor pago pelos usuários que atualizaram o CadÚnico nos últimos 24 meses. Posteriormente, aqueles com menor renda per capita receberão esses valores. Em terceiro lugar em prioridades está que a família com maior número ficará com a Vale Gás, também conhecida como Auxílio Gás.

Em quarto lugar na escala de prioridade está a família cadastrada no Auxílio Brasil, que está apenas à frente da família cadastrada com a qualificação de gerente (se houver). Além disso, o governo priorizará pagamentos a famílias de mulheres vítimas de violência doméstica que tenham proteções assinadas por tribunais.

Como saber se eu vou receber o Auxílio Gás ?

Para saber se você receberá o Auxílio Gás, você precisa saber que pode consultar o valor no aplicativo Auxílio Brasil (anteriormente conhecido como Bolsa Família). Portanto, você deve ter o aplicativo instalado em seu celular para consultar. Além disso, você precisa estar cadastrado no gov.br ou ter um login válido no Auxílio Brasil.

O valor pago pelo governo é de 52 reais, que, em média, custará metade do preço do cilindro. Além disso, vale lembrar que o governo pagará a cada dois meses, não mensalmente como outros benefícios. O Ministério da Cidadania pretende ajudar cerca de 5,4 milhões de pessoas a utilizar o Auxílio Gás.

Para organizar os pagamentos do Auxílio Gás, o governo separa as datas de acordo com o último número do NIS. Pessoas com NIS terminando em 1 recebem o pagamento em 18 de janeiro. Termina no dia 2, termina no dia 19 e assim sucessivamente. O último pagamento será feito na segunda-feira, 31 de janeiro para aqueles com NIS terminando em 0.

Para saber se você será pago, basta entrar no app Auxílio Brasil. Depois disso, vá para o menu principal. Ao acessar essa tela, você deve procurar a opção “Extrair”, que exibe todos os valores de entrada e saída. Ao clicar na declaração, você saberá se o governo confia no seu Auxílio Gás. Se recebido, o beneficiário tem até 120 dias para resgatar o valor.