Entrevista com Giulieny Matos, autora do livro A Menina Derretida

Superior Tribunal Militar abre vaga para Analista e Técnico
26 de dezembro de 2017
Sites Úteis – Dia a Dia
4 de julho de 2018

Entrevista com Giulieny Matos, autora do livro A Menina Derretida

Na última sexta (02) entrevistamos a autora dos livros A Menina Derretida, A Menina Tagarela e O Cardápio Maluco, Giulieny Matos. A escritora, com informações ricas, nos explicou como esses livros, em especial, A Menina Derretida impactou a vida de muitos pequenos (e adultos) que já leram suas páginas. Ela transformou temas que vivemos em nosso cotidiano em histórias recheadas de conteúdo e sensibilização. Confira como surgiram os livros e quais são as novidades da autora para este ano.

Como começou a sua história de escrever livros infantis?

Bonecas Giulieny MatosTudo começou quando a minha filha tinha 5 anos. Ela chorava sem parar. Assim a professora me chamou para conversar e disse: “já investiguei sua filha inteira e vi que ela não tem problema”. Entendi que ela tinha uma hipersensibilidade e tinha realmente decidido chorar. A professora então disse: “Olha mãezinha, eu vim te chamar para trabalharmos juntas”. E Giulieny falou: “Topo professora! O que você mandar eu faço, porque não sei mais o que fazer”. E a professora disse: “Então tá, você pega firme daí e eu daqui”. Eu comecei a brincar com a minha filha porque quando temos esse tipo de pressão é bom levar para este lado da brincadeira, para despressurizar.

Eu falava pra ela: “você vai chorar tanto que vai acabar derretendo. Vou ter que andar com um lençol para te enxugar ou então eu pego uma bandeja para eu não perder nenhuma gotinha sua.” Nessa brincadeira, eu sentei e fiz essa história da Menina Derretida para brincar com ela. Não só essa, mas andava com monte de histórias debaixo do braço para contar aos meus filhos.

Um dia meu irmão caçula disse: “seu trabalho é tão difícil, porque você não vai até o fim com esse projeto? Você tem um livro!” Eu até brinquei: “Onde?”. Ele disse: “É sério, olha o tanto que as crianças gostam!” Com família grande, eram muitas crianças na minha casa. A partir daí eu comecei a pesquisar e enviei para a editora que realizou o lançamento do meu livro. Foi algo rápido, em três meses ele foi aceito.

“A Derretida é a menina que tem dificuldade de falar. Não consegue se expressar falando. Então ela chora nesse entendimento ingênuo de que você vai entender o que ela quer dizer.” afirmou

Segunda a autora, existem professoras que relatam que há uma melhora de 50% a 60% no choro da criança, pois elas se identificam com a personagem da história. Além disso, há relatos de mães que dizem que a criança lê o livro mais de uma vez ao dia. O livro A Menina Derretida surgiu em 2011 e foi lançado no Congresso da IPA, no Chipre – Europa, com versões em Português e Inglês.

A Menina Tagarela

Já a Menina Tagarela, foi criado à pedido de uma prima, inspirado na filha que fala o tempo todo e sem parar. “Existem professores que sabem lidar com esse tipo de inteligência da criança, mas outras não. A que sabe lidar, consegue desenvolver e a turma que era toda quieta, fica comunicativa, progride e desabrocha. Quando não sabe lidar, rotulam a criança de atrapalhar a aula”, disse.

O Cardápio Maluco

Nesta história divertida e com muito bom humor, a autora trouxe um questionamento aos pais que associam o comportamento do filho ao que ele comeu. Uma das histórias é a de um garoto que está no meio de uma apresentação de balé, mas ele não consegue ficar quieto. Daí surge a pergunta: “Menino! O que foi que você comeu?”. Ela retrata também outras situações inusitadas que viveu: “O assalto na geladeira, por exemplo, foi um sobrinho meu que comeu todos os brigadeiros que eu tinha na geladeira. Teve também a história de um primo que comeu o queijo coalho todo e depois foi parar no hospital passando mal”, contou.

Ao contar essa história nas escolas, a autora leva uma cesta com quiabo, pepino e outros legumes e verduras para que as crianças interajam e conheçam os ingredientes do cardápio maluco.

Quais são os projetos da autora para o ano de 2018?

No ano de 2018, a escritora vai lançar dois livros e pretende continuar com o projeto visitando escolas e contando histórias. Ela faz parte do Autoras que contam e encantam cuja missão é a de divulgar a literatura de Brasília, apresentar a contação de histórias e os autores. Deste projeto fazem parte também as autoras Débora Bianca, com as obras “A Mala Mágica da Filó” e “Por Dentro da Mala Mágica da Filó”; e, Lair Franca, com as obras “a Florzinha Encolhida”, “Lentes Mágicas”, “Mariela Quer Ser Modelo” e “O Ciclismo realizando sonhos”. Para convidá-las, basta entrar em contato!

Sobre a autora Giulieny Matos
Blog: http://giulienymatos.blogspot.com.br
Livros: A Menina Derretida, A Menina Tagarela e O Cardápio Maluco
E-mail: giulieny.autora@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/GiulienyAutora/

Como adquirir?
Para adquirir o livro entre em contato com a autora através do e-mail solicitando orçamento.

 

1 Comentário

  1. Giulieny Matos disse:

    Meninas, vocês são ótimas! Só tenho a agradecer a Deus por as ter conhecido! Muito sucesso na vida de vocês, pois irão longe!!!!!!!!!! Beijos derretidos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *