Monetizando pelo Youtube: entenda como isso funciona

O Youtube é uma das redes sociais mais utilizadas pelos criadores de conteúdo na internet, é uma grande tendência no Brasil e no mundo com um número gigante de cursos online, youtubers e outros produtores. 

Caso você tenha boas ideias ou um conhecimento sobre algum assunto específico, use os vídeos para compartilha-los. Para um criador de conteúdo, o youtube é o local ideal para atrair mais audiência. Ficou interessado? Descubra agora mesmo como funciona a monetização no youtube.

Foto: (reprodução/internet)

Como funciona a monetização do youtube

Basicamente, a monetização no youtube é através do Youtube Partner Program, com isso é feito o cadastro gratuito do produtor de conteúdo que já possui uma conta na plataforma. Até o ano de 2018, os produtores de conteúdo podiam ganhar dinheiro com os anúncios veiculados no início dos vídeos. As regras eram; 

  • Produzir um conteúdo original;
  • Ter uma frequência regular;
  • Não desrespeitar às regras da Comunidade do YouTube;
  • Residir em um dos países da lista do Partner Program.

Após o cadastro e a aprovação no programa, bastava começar a produzir. Os anúncios são através da AdSense, a plataforma oficial de anúncios da Google, logo a audiência estava vinculada com a quantidade de cliques em anúncios e tempo de publicidade assistidos pela audiência do canal.

Foto: (reprodução/internet)

LEIA TAMBÉM: 5 motivos para você começar a empreender pelo Instagram

Mudanças

Como o processo era simples, diversos produtores se aplicavam ao programa, o que dificultava a validação dos canais que seriam aprovados. Além disso, os anunciantes não podiam controlar para quais vídeos os anúncios iriam aparecer.

Infelizmente, boa parte das propagandas era veiculada a vídeos ofensivos e censuráveis. E para grandes empresas isso foi motivo suficiente para sair do programa de parcerias da Google. 

A primeira mudança

Com isso, o youtube resolveu mudar algumas coisas na relação dos donos de canais no youtube. A partir disso a monetização dos vídeos e a associação com o Partner Program passou por novos pré-requisitos como: ter mais de 10 mil visualizações no canal. 

Dessa forma, a exibição de anúncios não estaria veiculada a vídeos ofensivos e os produtores de conteúdo podem ganhar mais dinheiro com seus vídeos. Infelizmente, só isso não bastou para evitar que conteúdos abusivos recebem monetização.