Seguro Desemprego Online – Saiba Como Consultar

Empregado ou desempregado, todo mundo (ou quase todo mundo) já passou pela situação não tão boa de ser demitido. Quando isso ocorre, talvez você não saiba quais são os próximos passos a serem feitos, o que fazer, quais medidas a serem tomadas e muitas questões que sondam a sua cabeça.

Na verdade, há alguns direitos que possuímos quando passamos por situações como essas que talvez a gente nem saiba. Entre eles está o Seguro Desemprego, mas afinal, que seguro é esse? Como consultá-lo? Bom, neste artigo vamos mostrar o que você precisa saber sobre este benefício.

Foto: (reprodução/internet)

O que é o Seguro Desemprego

Talvez você já saiba, mas o Seguro Desemprego é um dos benefícios mais importantes e relevantes para os trabalhadores e é distribuído e gerenciado pela Caixa Econômica Federal. Ele tem o intuito de garantir e assegurar assistência financeira por um certo período para o empregado que é demitido sem justa causa.

O benefício pode ser dividido entre 3 a 5 parcelas e é pago de forma contínua ou alternada. Ele serve para te auxiliar de forma temporária com um valor financeiro durante um período em que você acabou de ser demitido.

O valor que você receberá é proporcional ao tempo trabalhado. Vale lembrar que mesmo que seja “distribuído” pelo Banco Caixa, você deve solicitar nas Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego (SRTE), Secretaria Especial da Previdência e Trabalho (SEPT), Sistema Nacional de Emprego (SINE).

Foto: (reprodução/internet)

SAIBA MAIS: FGTS pelo celular Saiba como Baixar e Ver Saldo e Extrato

Quem pode obtê-lo

Afinal de contas, quem pode solicitar esse benefício? Veja abaixo:

Todos os trabalhadores formais que foram demitidos sem justa causa (involuntariamente) e que:

  • Não possuem renda própria que seja suficiente para os sustento da sua família.
  • Receberam salários como pessoa jurídica ou de pessoa física, referentes a:
    • pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses logo antes à data de dispensa, na primeira solicitação; ou
    • pelo menos 9 meses nos últimos 12 meses logo antes à data de dispensa, na segunda solicitação; ou
    • cada um dos 6 meses logo antes à data de dispensa, nas demais solicitações
  • Não recebem qualquer benefício previdenciário de prestação continuada

Consulte ou solicite o benefício

Após saber se você se encaixa no perfil daqueles que recebem ou não, veja como solicitar o seu benefício.

Antes disso, você precisa ter as documentações em mãos, que basicamente é o CPF e o Requerimento do Seguro-Desemprego que é dado pelo empregador no momento da demissão. Depois disso, basta acessar o site trabalho.gov.br, logo, vá em “trabalhador” e você já conseguirá ver a opção “Seguro-Desemprego” e é nela que você deve clicar.

Depois de seguir todo o passo a passo, selecione sua modalidade de Seguro Desemprego e preencha as informações. Viu como é fácil? Agora é só continuar acompanhando esse benefício que é seu por direito.